Amazônia Brasília Cidades Ciência Cotidiano Economia Educação Energia Entretenimento ESPECIAL PUBLICITÁRIO
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
03/12/2019 | 16:26 - Amazonas / Saúde

Abertura da Campanha Dezembro Vermelho acontece nesta quarta-feira

Divulgação

Em 2019, o Governo do Amazonas descentralizou o serviço de diagnóstico disponibilizando o acesso ao teste de rápido em mais três unidades de saúde, nas quais foram implantados os Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA). Agora, além da Fundação de Medicina Tropical Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD) e Fundação Alfredo da Matta (Fuam), os testes são realizados na Policlínica Governador Gilberto Mestrinho, na Policlínica Antônio Aleixo e Centro de Atenção Integrada à Melhor Idade (Caimi) Ada Viana.

 

Com o slogan "Faça o teste! Viver sem dúvida é melhor", a campanha busca dar maior visibilidade à importância do diagnóstico precoce e da adesão ao tratamento, além de incentivar práticas saudáveis para uma maior expectativa de vida.

 

Em 2019, o Governo do Amazonas descentralizou o serviço de diagnóstico disponibilizando o acesso ao teste de rápido em mais três unidades de saúde, nas quais foram implantados os Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA). Agora, além da Fundação de Medicina Tropical Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD) e Fundação Alfredo da Matta (Fuam), os testes são realizados na Policlínica Governador Gilberto Mestrinho, na Policlínica Antônio Aleixo e Centro de Atenção Integrada à Melhor Idade (Caimi) Ada Viana.

 

De acordo com secretario de Saúde, Rodrigo Tobias, a descentralização do serviço deu mais opções para o usuário fazer o teste. Nossa gestão tem trabalhado para ampliar a oferta de testes rápidos com a descentralização do serviço e a abertura de CTAs, o que gerou um aumento de 31,2% no número de testes realizados na capital este ano.

 

Para Evelyn César Campelo, enfermeira da Coordenação Estadual de IST/Aids e Hepatites Virais, a campanha ajuda a fortalecer junto à população a importância do diagnóstico precoce. "Quanto mais rápido o diagnóstico, mais eficientes serão nossas políticas de combate ao HIV/Aids e tratamento da doença para a quebra do ciclo de transmissão", afirma ela. 

SUSAM

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2019 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença