Brasília Cidades Ciência Cotidiano Cultura Economia Educação Energia Entretenimento ESPECIAL PUBLICITÁRIO
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
09/07/2020 | 12:00 - Amazonas / Notícias

Aleam define comissão especial que vai analisar pedido de impeachment do governador Wilson Lima e vice Carlos Almeida

Foto: Rickardo Marques

Wilson Lima (PSC) se pronunciou ao lado do vice Carlos Almeida

Ao todo, 17 deputados foram indicados para compor grupo. Nesta manhã, casa discute em sessão ordinária sobre composição da comissão especial.
 
Após acatar o parecer da Procuradoria Geral da Casa, que autoriza o seguimento do processo de impeachment do governador e vice-governador do Estado Wilson Lima (PSC) e Carlos Almeida (PTB), a Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) definiu, nesta quinta-feira (9), a comissão especial que vai analisar pedido de afastamento de ambos. Ao todo, são 17 deputados que irão compor o grupo.
Na manhã desta quinta-feira (9), os deputados discutem na Aleam, durante um sessão ordinária, sobre quantidade de deputados não ter sido, inicialmente, 17, como previsto. Em seguida, logo foi decidido que o deputado Cabo Maciel (PL) ocupe a vaga cedida pelo partido Progressistas. Na mesma sessão, os deputados discutem sobre a comissão especial.
Conforme indicação dos blocos partidários, foram designados para composição da Comissão Especial os deputados, divididos nos seguintes blocos:
 
Item 1: PRTB/PSL/PATRIOTA/PSDB/REPUBLICANOS
Fausto Junior
delegado Péricles Nascimento
Felipe Souza
Therezinha Ruiz
João Luiz
 
Item 2: MDB/PTB/PSC/DEM
Alessandra Campêlo
Dr. Gomes
Saullo Vianna
 
Item 3: PROGRESSISTAS
Belarmino Lins
 
Item 4: PODEMOS
Dermilson Chagas
Wilker Barreto
 
Item 5: PV/PSD
Roberto Cidade
Carlinhos Bessa
 
Item 6: PSB/PT/PDT
Adjunto Afonso
Sinésio Campos
 
Item 7: PL
Joana Darc
 
Wilson Lima (PSC) e Carlos Almeida (PTB) são acusados de crime de responsabilidade, em denúncia apresentada à Aleam pelo presidente do Sindicato dos Médicos do Amazonas, Mário Vianna. O anúncio foi feito por Josué Neto, na tarde desta terça-feira (7), durante a primeira sessão híbrida da história do Parlamento estadual.
Com a formação da Comissão, os membros terão um prazo de 48 horas para formalizar a eleição do presidente e relator. Já o governador e o vice, terão 10 dias para enviar defesa prévia. Um parecer prévio do presidente e relator da Comissão deverá ser lido no expediente da Aleam, em um prazo de 10 dias e seu teor deverá ser publicado no Portal da Transparência, junto com as referidas denúncias.
 

Fonte: G1 Amazonas 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2020 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença