Brasília Cidades Ciência Cotidiano Cultura Economia Educação Energia Entretenimento ESPECIAL PUBLICITÁRIO
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
01/06/2020 | 17:05 - Amazonas / Notícias

Alunos e professores da rede municipal de ensino participam, por meio de vídeos, da Semana do Dia Mundial sem Tabaco

Fotos - Divulgação/ Cleomir Santos - arquivo

 

Com o tema “Tabagismo e Covid-19”, mais de 200 mil alunos da educação infantil, do ensino fundamental e professores da Prefeitura de Manaus participam, por meio de vídeos educativos que serão compartilhados nas redes sociais, de trabalhos pedagógicos sobre a Semana do Dia Mundial Sem Tabaco, que foi comemorado neste domingo, 31/5. A campanha iniciou no dia 29/5 e termina nesta sexta-feira, 5/6, e faz parte do calendário de ações da Secretaria Municipal de Educação (Semed) para pensar e discutir sobre a importância de parar de fumar e os malefícios do tabaco para a saúde humana, além de mostrar que os fumantes estão no grupo de risco para a infecção pelo novo coronavírus.
 
 
A campanha é mundial e no Brasil é coordenada pelo Ministério da Saúde (MS) e o Instituto Nacional do Câncer (Inca). Em Manaus, a coordenação das ações é a cargo da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e da Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon). A meta é convidar vários setores da sociedade para aderir à campanha.


De acordo com a gerente de Atividades Complementares e Programas Especiais da Semed, Dircélia Ortiz, a secretaria participa da campanha desde a década de 90, principalmente pelo Programa Saúde do Escolar, em mais de cem escolas, envolvendo toda a rede de ensino. Para ela, este ano é bem atípico, devido a pandemia.


“Este ano, considerando o período de pandemia da Covid-19, ações de diálogos e discussões com os alunos serão desenvolvidas pelos professores, com uso de atividades, em vídeos, mensagens, desenhos e pesquisas. A Educação tem um papel fundamental na sociedade e o dever de orientar crianças e adolescentes sobre a necessidade de uma vida saudável e divulgar os malefícios do cigarro e os fatores de risco”, comentou Dircélia.


Para educadora, é fundamental realizar ações com os alunos sobre uma temática que precisa ser orientada desde cedo, para evitar futuras complicações de se ter uma vida saudável, principalmente neste momento que o mundo vive uma situação difícil com o novo coronavirus.


“A campanha ajuda os alunos na compreensão de que o hábito de fumar é prejudicial aos pulmões e perigoso para o desenvolvimento de vários tipos de cânceres e outras enfermidades. O tabagismo aumenta o risco de infecção grave pela Covid-19, uma vez que ataca os pulmões e pode ocasionar o agravamento dos sintomas. Assim, nosso trabalho é estimular a adoção de práticas e tomadas de atitudes mais saudáveis entre os jovens, como medidas de prevenção e de controle do tabaco”, explicou  Dircélia.


A Semed já participa de várias ações de prevenção sobre a temática com alunos e professores, como o Programa Municipal Saúde do Escolar, desenvolvido pelos agentes de saúde escolar e professores readaptados; Programa Saúde na Escola que é do governo federal, coordenado pela Semsa, Secretaria de Estado de Educação e Desporto (Seduc) e Secretaria de Estado de Saúde (Susam); Programa Saber Saúde, pela FCecom e Semsa e o Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência (Proerd).
 
 

Texto - Paulo Rogério (Semed) 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2020 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença