Amazônia Assembleia Legislativa do Amazonas Brasília Câmara Municipal de Manaus Cidades Ciência Cotidiano Economia Educação Energia
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
03/12/2019 | 16:00 - Amazonas / Tecnologia

AM. Experiências acadêmicas serão exibidas em canal criado por estudantes indígenas da UEA

Divulgação

"A ideia surgiu num momento específico em que eles sentiram que precisavam ter voz ativa. Eles mesmos falarem sobre eles. O canal é produzido pelos alunos indígenas bolsistas dos projetos de extensão coordenados por mim e pelos professores Jeiviane Justino e Luiz Davi. O objetivo é dar visibilidade às experiências vividas por eles dentro da universidade", disse a professora Célia Bettiol.

 

Divulgar e socializar experiências, trabalhos, pesquisas e até mesmo as dificuldades dos acadêmicos indígenas da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) é a proposta do canal no Youtube e Instagram "Oré Diálogos Interculturais", um projeto de professores e alunos da Escola Normal Superior (ENS/UEA), que será lançado nesta quarta-feira (04/11), às 17h.

Durante o evento que será realizada no hall da ENS, localizado na avenida Djalma Batista, 2.470, Chapada, zona centro-sul, acontecerá roda de conversa, marakanandê (canto de chamamento dos povos na língua Tupi), pinturas corporais e venda de artesanatos.

Inicialmente, a ideia é que sejam produzidos dois vídeos por mês pelos próprios estudantes indígenas, cujos temas estejam relacionados diretamente ao ambiente acadêmico. O canal e todo seu conteúdo serão de responsabilidade dos estudantes.

"A ideia surgiu num momento específico em que eles sentiram que precisavam ter voz ativa. Eles mesmos falarem sobre eles. O canal é produzido pelos alunos indígenas bolsistas dos projetos de extensão coordenados por mim e pelos professores Jeiviane Justino e Luiz Davi. O objetivo é dar visibilidade às experiências vividas por eles dentro da universidade", disse a professora Célia Bettiol. 

Secom

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2019 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença