Amazônia Assembleia Legislativa do Amazonas Brasília Câmara Municipal de Manaus Cidades Ciência Cotidiano Economia Educação Energia
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
20/10/2019 | 12:29 - Amazonas / Saúde

AM. Prefeito e Primeira Dama participam do Dia ‘D’ da Campanha Nacional de Vacinação contra Sarampo

Alex Pazuello - Semcom

“Além da vacina contra o sarampo, nós estamos disponibilizando todo o último sábado de cada mês para também imunizar e colocar em dia as vacinas das crianças e, se precisar, dos adultos. Em relação ao sarampo, no ano passado, o Ministério da Saúde estipulou a meta de vacinarmos 95% do público-alvo e nós chegamos a 107% dessa meta. Manaus é um exemplo em campanhas vacinais”, disse o prefeito, em solenidade de abertura do Dia “D” que reuniu vários secretários municipais, entre eles o secretário-chefe da Casa Civil, Arthur Bisneto.

 

A população de Manaus atendeu ao chamado e compareceu ao Dia “D” da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo neste sábado, 19/10. O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, e a primeira-dama do município e presidente do Fundo Manaus Solidária, Elisabeth Valeiko Ribeiro, estiveram na Unidade Básica de Saúde (UBS) Leonor de Freitas, na avenida Brasil, s/nº, no bairro Compensa, zona Oeste, onde acompanharam os trabalhos de imunização.

 

Com 136 Unidades de Saúde preparadas para o Dia “D”, a Prefeitura de Manaus disponibilizou diversas vacinas recomendadas para crianças menores de cinco anos. Pois, além do combate ao sarampo, o objetivo da mobilização é a prevenção de doenças como a poliomielite, rotavírus, doença meningocócica C, febre amarela, caxumba e rubéola, varicela, catapora e hepatite A.

 

“Além da vacina contra o sarampo, nós estamos disponibilizando todo o último sábado de cada mês para também imunizar e colocar em dia as vacinas das crianças e, se precisar, dos adultos. Em relação ao sarampo, no ano passado, o Ministério da Saúde estipulou a meta de vacinarmos 95% do público-alvo e nós chegamos a 107% dessa meta. Manaus é um exemplo em campanhas vacinais”, disse o prefeito, em solenidade de abertura do Dia “D” que reuniu vários secretários municipais, entre eles o secretário-chefe da Casa Civil, Arthur Bisneto.

 

O secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, destaca que os postos de vacina irão funcionar, neste Dia “D”, até as 17h e que a ação é mais uma oportunidade para que pais e responsáveis atualizem o cartão de vacina dos filhos.

 

“São 136 Unidades de Saúde que irão funcionar o dia todo em um sábado para oferecer à população mais uma alternativa de acesso ao serviço de imunização, de forma rápida e exclusiva para o atendimento de crianças. Durante a semana, muitos pais trabalham e não têm tempo de levar as crianças até uma UBS. Então, a oferta da vacina em um sábado em 136 Unidades de Saúde é uma oportunidade que não deve ser perdida”, alertou Marcelo Magaldi.

Quem levou seus filhos para receber a vacina destacou a importância da imunização. É o caso da moradora da Compensa, Adenilza Nogueira, que levou seus dois filhos, Cauê e Ana Clara, para atualizar a caderneta de vacinação. “É muito importante trazer as crianças para tomar as vacinas para garantir a saúde deles. Apesar do choro, sei que é por uma boa causa”, disse a mãe do casal.

 

As vacinas oferecidas são a Pneumocócica (pneumonia, otite, meningite e outras doenças causadas pelo Pneumococo); Poliomielite; Rotavírus; Meningocócica (previne a doença meningocócica C); Febre Amarela; Tríplice Viral (sarampo, caxumba e rubéola); Tetra Viral; (sarampo, rubéola, caxumba e varicela/catapora); e Hepatite A. A lista com o endereço das 136 Salas de Vacina do Dia “D” pode ser acessada no site da Semsa (semsa.manaus.am.gov.br).

 

“O serviço de imunização também está disponível o ano todo em 183 salas de vacina no município de Manaus. Desse total, 10 funcionam em UBSs que atendem de segunda a sexta-feira, até 21h, e aos sábados, de 8h às 12h”, informou a chefe da Divisão de Imunização da Semsa, enfermeira Isabel Hernandes.

 

Monitoramento

A Campanha Nacional contra o Sarampo foi iniciada no dia 7 de outubro, em uma iniciativa do Ministério da Saúde para o controle da doença que já atinge 20 Estados brasileiros com transmissão ativa.

 

Em Manaus, o surto de sarampo, que iniciou em fevereiro de 2018, foi encerrado oficialmente no início de junho deste ano, após 90 dias sem registro de casos confirmados da doença.

 

“Apesar do controle da doença, a Prefeitura de Manaus mantém de forma rotineira o trabalho de monitoramento e vigilância em todos os casos suspeitos de sarampo. Como o vírus continua circulando no país, a única forma de evitar um novo surto é ampliar a cobertura vacinal da população”, afirmou a diretora do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica (Devae/Semsa), enfermeira Marinélia Ferreira.

 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2019 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença