Brasília Cidades Ciência Cotidiano Cultura Economia Educação Energia Entretenimento ESPECIAL PUBLICITÁRIO
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
22/04/2020 | 17:35 - Amazonas / Saúde

Amazonas chega a 2479 casos de Covid-19 e Governo amplia parcerias para mais leitos

Fotos: Rodrigo Santos/Secom

 
Susam solicitou mais 400 leitos em hospital de campanha do Governo Federal.
 
 
O Amazonas registrou mais 209 casos de Covid-19, nesta quarta-feira (22), totalizando 2.479 casos confirmados do novo coronavírus no estado, segundo boletim epidemiológico divulgado pela Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM). Também foram confirmados mais 13 óbitos pela doença, elevando para 206 o total de mortes.
 
O boletim aponta que 1.203 pessoas com diagnóstico de Covid-19 estão em isolamento social ou domiciliar, o que corresponde a 48,5% dos casos confirmados no Amazonas. De ontem para hoje, mais 153 pessoas se recuperaram da doença e estão fora do período de transmissão do vírus, totalizando, agora, 879 recuperados.
 
As informações foram repassadas durante transmissão ao vivo pelas redes sociais do Governo do Amazonas. Participaram da coletiva a secretária de Saúde, Simone Papaiz, e a diretora-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), Rosemary Pinto.
 
Na ocasião, Simone afirmou que o Governo do Estado está avançando nas tratativas com o Governo Federal para a instalação do hospital de campanha anunciado pelo Ministério da Saúde no início de abril. A proposta é que essa unidade seja exclusiva para o atendimento a pacientes com quadro de média complexidade.
 
“Nós solicitamos 400 leitos junto ao Governo Federal e ao Ministério da Saúde. Sinalizamos também a necessidade não só de estrutura, mas de equipes, insumos e equipamentos para a implantação dessa unidade”, disse a secretária.
 
Em paralelo, a Susam estreitou o diálogo com outras unidades hospitalares da capital com o objetivo de aumentar a oferta de leitos de referência para Covid-19.
 
Inicialmente, o Hospital Universitário Getúlio Vargas (HUGV), mantido com verbas federais, disponibilizou para o Estado 18 leitos de UTI e 45 leitos clínicos. Até esta quarta-feira, a unidade já havia recebido 11 pacientes (dois de UTI e nove de clínica médica) via Complexo Regulador.
 
“Eles estão finalizando a contratação de recursos humanos e vão estender esses 18 leitos para 31 leitos de UTI. Então, será mais um hospital de referência para que nós tenhamos como fornecer acesso a atendimento de pacientes Covid”, adiantou Simone Papaiz, que também está em contato com a direção do Hospital Beneficente Português.
 
Internações – Entre os casos confirmados de Covid-19, há 190 pacientes internados, sendo 81 em leitos clínicos (34 na rede privada e 47 na rede pública) e 109 em UTI (42 na rede privada e 67 na rede pública).
 
Há ainda outros 708 pacientes internados considerados suspeitos e que aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses, 548 estão em leitos clínicos (303 na rede privada e 245 na rede pública) e 160 estão em UTI (87 na rede privada e 73 na rede pública).
 
Durante a coletiva on-line, a diretora-presidente da FVS frisou que pacientes do grupo de risco com suspeita de Covid-19 e que tenham outras comorbidades devem procurar uma unidade de saúde rapidamente e não deixar os sintomas agravarem.
 
“Isso leva à necessidade de que os casos leves sintomáticos de síndrome respiratória fiquem em casa para permitir que a rede assistencial fique livre, fique acessível para esses pacientes que precisam de uma avaliação médica, uma internação e talvez até mesmo de uma UTI”, recomendou Rosemary Pinto.
 
Pessoas com sintomas leves podem buscar atendimento e orientação pelo aplicativo de celular Sasi, ferramenta criada pelo Governo do Amazonas como alternativa de assistência remota à população durante a pandemia.
 
Municípios – Dos 2.479 casos confirmados no Amazonas até esta quarta-feira (22/04), 1.958 são de Manaus (78,9%) e 521 do interior do estado (21,2%).
 
Além da capital, 32 municípios já têm casos confirmados: Manacapuru (230); Itacoatiara (48); Iranduba (37); Parintins (35); Maués (29); Tabatinga (22); São Paulo de Olivença (15); Benjamin Constant e Tonantins com 13 casos cada; Presidente Figueiredo (12); Santo Antônio do Içá (11); Careiro Castanho (9); Anori (8); Maraã (7); Tefé (6); Careiro da Várzea (4); Autazes (3); Coari, Lábrea, Novo Airão e Rio Preto da Eva com 2 casos cada; e Anamã, Barcelos, Beruri, Boca do Acre, Canutama, Carauari, Juruá, Jutaí, Manicoré, Nova Olinda do Norte e Santa Isabel do Rio Negro com 1 caso confirmado cada.
 
Óbitos – Nas últimas 24 horas, mais 13 óbitos que estavam em investigação foram confirmados tendo o coronavírus como causa. Deste total, sete são de pacientes de Manaus, com idades entre 41 e 77 anos, sendo que três deles apresentavam outras comorbidades.
 
Também foram confirmados os óbitos de um homem de 47 anos, residente em Iranduba; um homem de 43 anos, residente em Barcelos; um homem de 63 anos, residente no Careiro; e três homens, com idades entre 54 e 82 anos e histórico de outras comorbidades, residentes em Manacapuru.
 
Os 13 municípios com óbitos confirmados até o momento são: Manacapuru (14), Iranduba (4), Parintins (3), Maués (2), Careiro Castanho (2), Manicoré (1), Tabatinga (1), Itacoatiara (1), Presidente Figueiredo (1), Tefé (1), Novo Airão (1), Barcelos (1), Beruri (1) e Carauari (1); totalizando 34 mortes por Covid-19 entre pacientes do interior.
 
Outros 44 óbitos notificados seguem em investigação pelo Laboratório Central (Lacen) e 22 foram descartados para o novo coronavírus.

  

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2020 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença