Brasília Cidades Ciência Cotidiano Cultura Economia Educação Energia Entretenimento ESPECIAL PUBLICITÁRIO
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
06/09/2020 | 20:10 - Amazonas / Turismo

Amazonastur intensifica ações para ordenamento do turismo no feriado prolongado

Fotos: Janailton Falcão/Amazonastur

 


A Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur) intensificou as ações de sensibilização com foco no ordenamento da prestação de serviços turísticos, neste feriado prolongado. As abordagens começaram, na última quarta-feira (02/09), em pontos estratégicos da capital e contaram com a parceria de policiais militares da Companhia de Policiamento Turístico (Politur), Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados e Contratados do Estado do Amazonas (Arsepam), Marinha do Brasil e Capitania dos Portos.

Neste sábado, 05, feriado de Elevação do Amazonas à Categoria de Província, embarcações em deslocamentos para flutuantes e praias localizadas na área do Tarumã foram abordadas. Entre quarta e sexta-feira, foram realizadas 60 abordagens a pessoas físicas e jurídicas que não estão inscritas no Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur) ou que estão com alguma pendência nesse cadastro.
Para prestar o serviço turístico de forma legal é necessário estar cadastrado e sem pendências nesse sistema gerenciado pelo Ministério do Turismo, Amazonastur e demais instituições responsáveis pela gestão do turismo em outros estados e no Distrito Federal. Ainda entre quarta e sexta-feira, as ações foram realizadas na Manaus Moderna e portos no Centro de Manaus. E, também, nos portos da Ceasa e São Raimundo e na marina do Davi.

“Atuamos em pontos estratégicos da cidade e abordamos empresas que desenvolvem atividades turísticas, como agências de viagens e transportadoras turísticas, bem como, pessoas físicas que estavam desenvolvendo guiamento sem credenciamento no órgão regulador”, descreveu Giovanna Tapajós, chefe do Departamento de Registro e Sensibilização da Amazonastur.

“Essas empresas estão sendo sensibilizadas e vistoriadas quanto à regularidade e legalidade da prestação de serviços turísticos  de suas atividades, uso indevido de credenciais do Ministério do Turismo, fretamento de embarcações não regularizadas no Cadastur e sem formalização, bem como, excursões sem profissionais habilitados e devidamente  registrados no sistema de registro do Ministério do Turismo”, completou Giovanna.

Nas abordagens, os técnicos da Amazonastur orientam os prestadores de serviço para a regulação. A Empresa também se dispõe a assessorar e prestar informações aos que desejam se cadastrar. Em agosto, cerca de 100 atendimentos foram realizados na sede da Amazonastur. Os interessados em se inscrever no Cadastur podem ligar para (92) 2101-8180 ou enviar e-mail para drf@amazonastur.am.gov.br. Atendimentos presenciais podem ser agendados por meio desses dois contatos.
Reordenamento – As ações para o reordenamento dos serviços oferecidos por prestadores fazem parte de um planejamento executado desde o início do ano. Além disso, com a redução dos casos do novo coronavírus, a Empresa Estadual de Turismo lançou o Amazone-se, plano para a retomada do turismo no período pós-pandemia. As ações para o ordenamento foram intensificadas de acordo com plano de retomada.

  

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2020 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença