Brasília Cidades Ciência Cotidiano Cultura Economia Educação Energia Entretenimento ESPECIAL PUBLICITÁRIO
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
01/06/2020 | 20:00 - Brasil / Brasília

Aras concorda em prorrogar investigação sobre interferência de Bolsonaro na PF

Sérgio Lima/Poder360

O PGR Augusto Aras durante sessão do Supremo Tribunal Federal

 
 
 
Enviou manifestação ao STF
PF havia pedido mais 30 dias
Procurador disse ser favorável
 
 
 
O procurador-geral da República, Augusto Aras, concordou com pedido de mais 30 dias feito pelo Polícia Federal ao STF (Supremo Tribunal Federal) no inquérito que apura suposta interferência do presidente Jair Bolsonaro na autonomia da corporação.
 
A PF havia pedido ao ministro do STF Celso de Mello, relator do processo, mais 30 dias para concluir as investigações. O decano solicitou 1 parecer à Procuradoria Geral da República, que diz ser favorável à prorrogação.
 
Celso de Mello deve decidir sobre o pedido nos próximos dias.
 
 
Leia a íntegra da solicitação enviada por Aras:
 
“Excelentíssimo Senhor Ministro Celso de Mello,
O PROCURADOR-GERAL DA REPÚBLICA, no uso de sua atribuição constitucional de “dominus litis”, manifesta-se pelo deferimento do requerimento formulado pela Autoridade Policial, de modo a serem cumpridas as “diversas diligências de polícia judiciária já determinadas pelas autoridades policiais que atuam na presente investigação criminal” (fl. 570 do IPL 0004/2020-1) para a conclusão do inquérito.
 
 
Augusto Aras

Procurador Geral da República” 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2020 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença