Brasília Cidades Ciência Cotidiano Cultura Economia Educação Energia Entretenimento ESPECIAL PUBLICITÁRIO
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
05/06/2020 | 14:10 - Roraima / Notícias

Aulas de informática a distância requerem adaptação no ensino e aprendizagem

Foto: Eduardo Andrade

 
Professor de informática conta como teve que mudar sua forma de ensinar para garantir que alunos aprendam mesmo sem o contato presencial
Ter os conhecimentos básicos em informática é fundamental nos dias atuais, mas o que antes era aprendido em uma sala de aula, com um professor ao lado, agora passou a ser ensinado por meio da internet. Com 5.600 inscritos, o curso é um dos mais procurados na plataforma a distância da Escola do Legislativo, e para superar a barreira da falta de contato físico, os professores buscam se adaptar para passar o conteúdo.
Nesse contexto, algumas mudanças foram necessárias para manter o ritmo de aulas. O professor de informática da Escola do Legislativo, Erlon Lima, explicou que a metodologia adotada pelos professores para as aulas virtuais são basicamente as mesmas das aulas presenciais. Uma das coisas que muda é a forma de tirar dúvidas. Com as aulas a distância, os professores têm de estar ainda mais disponíveis para esse momento com os alunos.
 “Alguns alunos ainda têm dificuldade nas aulas virtuais, na aula presencial estamos ali presentes ao lado deles, tiramos as dúvidas no próprio computador, algo no quadro, os alunos sentem falta disso. Mas através da plataforma e do aplicativo da Escola do Legislativo, estamos conseguindo nos manter próximos e auxiliar da melhor forma.  Nós conseguimos tirar as dúvidas desses alunos, eles postam as dificuldades nos comentários de cada aula, e nós vamos lá e respondemos”, afirmou o professor.  
Gisele Martins é aluna da Escola do Legislativo há um ano e já concluiu vários cursos, como o de Auxiliar Administrativo, Relações Humanas, Atendimento ao Público, o Poder da Comunicação, todos de forma presencial. E agora com a plataforma EAD de Ensino a Distância, ela continua estudando, mas pela internet.
“Participar de uma plataforma EAD está sendo uma grande novidade pra mim. É a primeira vez que estudo à distância.  Estudando de forma online eu pude me desenvolver mais na área da tecnologia e perder meus medos com o computador. Agora estou fazendo os cursos de informática básica e intermediária”, disse.
Jóas Bragas, morador do município de Iracema, já concluiu os cursos de informática básica, intermediária e avançada, ofertados na primeira etapa de curso a distância da Escola do Legislativo. “Não senti muita dificuldade. Através das apostilas que são ofertadas na plataforma, eu consegui acompanha. Os conteúdos são passados de forma claro, isso facilita muito já que não temos um professor na sala.”
Dicas para estudar em casa
Em casa, é importante procurar um cômodo tranquilo, com boa iluminação e com o mínimo de barulho ou interferência de familiares naquele momento. “Desligue o celular ou bloqueie o envio de notificações de redes sociais durante o período de estudos, e também evite outras distrações, como aparelhos de televisão ligados, por exemplo”, orientou o professor.
Para garantir que as aulas online sejam aproveitadas da melhor maneira, o aluno deve, inicialmente, manter a rotina de estudos que possuía antes do isolamento social. “Não precisa ter pressa em terminar logo o curso. Estude normalmente. Vocês podem assistir duas aulas por dia, se estiver com tempo disponível pode assistir três aulas, o importante é não ter pressa”, finalizou.

Texto: Ana Lucia Montel 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2020 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença