Brasília Cidades Ciência Cotidiano Cultura Economia Educação Energia Entretenimento ESPECIAL PUBLICITÁRIO
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
31/07/2020 | 17:40 - Amazonas / Ciência

Com redução da demanda, FVS-AM encerra posto montado na UEA para testagem rápida de Covid-19

Fotos: Arthur Castro/Secom

 
Profissionais de saúde continuam sendo testados no posto da Escola de Enfermagem da Ufam
 
A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) encerrou, nesta sexta-feira (31/07), a oferta de testes rápidos para Covid-19 a profissionais de saúde na Escola Superior de Ciência e Saúde da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), em Manaus. Conforme dados da FVS, houve redução de 67% na procura por exames pelos profissionais de saúde que atuam no Amazonas. A média de exames diários reduziu de 285, em abril, pico da pandemia da Covid-19 no estado, para 92 no mês de julho.
 
“Tivemos uma queda substancial tanto no número de procura quanto no número de casos positivos. Os profissionais de saúde não ficarão desassistidos, continuamos com a estrutura na Escola de Enfermagem, que é coordenada pela Ufam, e também a rede pública de saúde está preparada para testar os seus profissionais. As atividades que realizamos aqui, em parceria com a UEA, foram fundamentais e garantiram acesso aos testes a todos os profissionais de saúde”, reforçou Rosemary Costa Pinto, diretora-presidente da FVS.
 
As coletas eram feitas no sistema drive-thru, permitindo que os profissionais ficassem dentro dos veículos, minimizando o contato e descartando aglomerações.
 
Os testes para profissionais da rede pública e privada seguem sendo realizados, por agendamento, no estacionamento da Escola de Enfermagem de Manaus, da Universidade Federal do Amazonas (EEM/Ufam), zona centro-sul da capital. Mais informações sobre agendamento podem ser obtidas no site da FVS-AM (https://bit.ly/2WIbaO7).
 
Parceria - Aproximadamente 65 servidores da UEA estiveram envolvidos na ação, entre gestores, professores, alunos e profissionais recém-formados dos cursos de Medicina, Enfermagem e Farmácia. Além dos profissionais de saúde, colaboradores da UEA também foram testados.
 
“É um cenário de apoio à saúde do estado do Amazonas. Oferecemos aqui a estrutura da universidade, da Escola de Saúde, para que a FVS pudesse desenvolver junto com as nossas professoras e professores, técnicas, técnicos, alunas, alunos, diversas ações. Também fizemos a testagem das pessoas que trabalham na Universidade do Estado do Amazonas, nossas professoras, professores, técnicas, técnicos administrativos, testando aqui alguns, até mais de uma vez, em uma parceria muito importante com a FVS”, pontuou o reitor da UEA, Cleinaldo Costa.
 
O professor de Economia da UEA, Juvenal Pinheiro, que fez dois testes rápidos no posto montado pela FVS, destacou os benefícios da ação. “Quanto mais pessoas testadas, maior é a eficácia para o Estado em saber quem teve, quem passou por isso e é bem importante e prático pelo drive-thru, que você agenda pelo celular e marca o horário, o resultado sai logo no mesmo dia, no seu e-mail. É interessante, prático e eficaz”, frisou.

 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2020 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença