Brasília Cidades Ciência Cotidiano Cultura Economia Educação Energia Entretenimento ESPECIAL PUBLICITÁRIO
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
05/01/2021 | 16:55 - Amazonas / Notícias

Disque-Denúncia da SSP recebeu mais de 7 mil ligações em 2020

FOTO: Carlos Soares/SSP-AM

De janeiro a dezembro de 2020, foram recebidas 7.462 denúncias pelo telefone 181, o disque-denúncia da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). As informações sobre o crime de tráfico de drogas lideraram no período, com mais de 4.067 telefonemas da população amazonense.
Foram registradas, ainda, 307 denúncias da localização de possíveis foragidos do sistema prisional do Amazonas, além de 156 ligações solicitando policiamento em áreas com elevado índice de criminalidade.
O delegado Paulo Mavignier, diretor do Departamento de Investigação Sobre Narcóticos (Denarc), ressalta a importância da população repassar informações que possam ajudar a polícia no combate ao crime organizado e ao narcotráfico.
“O 181 é uma ferramenta que possibilita uma atuação muito maior da polícia, pois ela é um canal de denúncias totalmente confiável, onde o denunciante tem garantia do anonimato, mantendo a segurança de quem denuncia o crime. Vale ressaltar que o 181 recebe todos os tipos de denúncias e elas são despachadas para cada unidade pertinente. Então, uma denúncia de narcotráfico, de médio ou grande porte, é encaminhada diretamente ao Denarc, que consegue aprofundar o dado e dar uma resposta à altura para o crime”, afirma o delegado.
Denúncias – O segundo maior motivo de denúncias recebidas pelo 181 foram os crimes contra os idosos. Foram mais de 383 relatos de ilícitos praticados contra o público da terceira idade, um crescimento de 9,4% em comparação a 2019.
A titular da Delegacia Especializada em Crimes Contra o Idoso, Andréa Nascimento, explica que foi no pico da pandemia que as denúncias tiveram um aumento significativo.
“Esse aumento se deu com a pandemia, tanto é que o maior índice de denúncias foi justamente no início, onde teve o pico da doença, no mês de março a junho. As denúncias chegaram a ter mais de 50% de aumento. Como os idosos são do grupo de risco, eles ficavam muito tempo dentro de casa e, em razão disso, nos lares em que já havia certos desentendimentos com a terceira idade, isso se agravou nessa época”, afirma Andréa Nascimento.
Foram registradas, ainda, denúncias referentes a homicídios, foragidos, violência doméstica e/ou familiar, corrupção ou maus tratos de menores, formação de quadrilha e estelionato.
Sobre o disque-denúncia - O 181 é o canal oficial para denúncias ao sistema de segurança pública do Amazonas. A plataforma é abrangente e a ligação é gratuita, tanto na capital quanto no interior do estado, podendo ser feita a partir de celular e de telefones convencionais. Não há registro do telefone do denunciante.
As denúncias são repassadas à Polícia Civil para investigação e são acompanhadas pela Secretaria de Segurança. O 181 funciona todos os dias, inclusive aos finais de semana e feriados.
Números de janeiro a dezembro de 2020:
Tráfico de entorpecentes: 4067
Roubos e furtos: 372
Foragido: 307
Ação de policiamento: 156
Violência contra o idoso: 383
Homicídio: 141
Corrupção de menores (aliciamento, abuso): 156
Violência doméstica: 134
Porte ilegal de arma de fogo: 69
Receptação: 34

Estelionato: 43 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2020 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença