Brasília Cidades Ciência Cotidiano Cultura Economia Educação Energia Entretenimento ESPECIAL PUBLICITÁRIO
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
11/04/2020 | 13:45 - Amazonas / Educação

Ensino à distância é implantado em pré-escola da Polícia Militar

FOTOS: DIVULGAÇÃO/DCS-PMAM

 
A Pré-Escola Creche Infante Tiradentes (Pecit), visando auxiliar os pais durante o período de isolamento social, desenvolveu metodologia de ensino à distância própria, utilizando recursos comuns disponíveis, em complemento ao projeto "Aula em Casa", com a utilização das atividades lúdicas do "Eba! Vamos Brincar". A iniciativa partiu da necessidade de auxiliar os responsáveis em realizar atividades com seus filhos.
 
A gestora da Pré-Escola, tenente-coronel PM Rejane Filgueiras, explicou que o projeto que recebeu o nome de "Pecit em Casa", foi elaborado de forma estratégica, alinhado com os valores e premissas da instituição, com o objetivo de dar continuidade ao planejamento pedagógico, buscando manter a excelência e qualidade do ensino da educação infantil, uma vez que não é obrigatório.
 
A atividade possui várias etapas, usando como base o aplicativo Telegram. Com a nova proposta, são atendidos aproximadamente 1.900 alunos, que são assistidos por seus pais, que receberam prévia orientação da equipe docente. "Reunimos os pais em grupos e os direcionamos ao Telegram, para onde enviaremos todas as atividades que serão feitas de segunda a sexta-feira", explicou Rejane Filgueiras.
 
A metodologia consiste no cumprimento do cronograma de atividades, envolvendo links com vídeos no YouTube, exercícios nos livros didáticos e em PDF. Todo esse material é formatado e analisado por uma equipe pedagógica, antes de chegar aos responsáveis.
 
A gestora explicou, ainda, que as aulas iniciam com um momento cívico, em que os estudantes cantam o Hino Nacional, a Canção da Polícia Militar do Amazonas ou a canção Fibra de Herói, para daí iniciarem as atividades pedagógicas. A fim de estimular a dinâmica do estudo, é sugerido o uso do uniforme como uma forma de estímulo para que a criança se sinta na própria escola.
 

Ingrid Vasconcelos, 27, mãe da aluna Beatriz de Araújo, parabenizou a empreitada, enfatizando que o programa incentiva pais e filhos a usarem criatividade durante o cumprimento das atividades de ensino. "Aqui, em casa, costumamos dizer que estamos brincando e aprendendo, pela simplicidade e clareza no conteúdo que é passado. Isso está deixando minha filha super-receptiva com o aprendizado em casa", disse. 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2020 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença