Brasília Cidades Ciência Cotidiano Cultura Economia Educação Energia Entretenimento ESPECIAL PUBLICITÁRIO
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
29/07/2020 | 13:50 - Amazonas / Saúde

Equipe do HPS 28 de Agosto salva visão de criança atingida por anzol de pesca nos dois olhos

Foto: Divulgação/Susam

 
Transferida por UTI aérea de Urucará para a capital, a menina passou por cirurgia com o auxílio de um microscópio 
 
A equipe médica do Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto, referência em urgência oftalmológica do Estado, retirou um anzol dos olhos de uma criança de cinco anos no último final de semana. Com auxílio de um microscópio, foi realizada a remoção dos objetos, devolvendo integralmente a visão da criança.  
 
Segundo os pais, o acidente aconteceu no último sábado (25/07), no município de Urucará (distante 260 quilômetros de Manaus), e, em menos de seis horas, a criança foi trazida para a capital via transferência por Unidade de Terapia Intensiva (UTI) aérea, direto para o HPS 28 de Agosto.  
 
De acordo com o médico oftalmologista Cláudio Chaves, para preservar a visão da criança, a equipe utilizou a cirurgia com microscópio. O anzol de três pontas ficou alojado nas pálpebras superior e inferior esquerda e na pálpebra inferior direita, impossibilitando a abertura dos olhos da criança. 
 
O desafio, nesses casos, é fazer a retirada do material sem atingir o globo ocular, conforme explicou o médico.   
 
“A criança chegou com anzol triplo nos dois olhos, nós retiramos sem afetar o globo ocular, a cirurgia durou cerca de 50 minutos. A menina, claro, estava traumatizada, com a face toda enfaixada, o cabo do anzol era enorme, quase um palmo, coitadinha, nervosa e tensa, mas o procedimento foi feito tecnicamente com anestesia superficial e sedação”, explicou o oftalmologista do HPS 28 de Agosto.  
 
O acidente - O pai da menina, Emerson Costa, contou que a família estava em um balneário, no município de Urucará. Na ocasião, outra criança estava pescando e ao jogar o anzol, acabou atingindo a filha de cinco anos. 
 
“Tiveram o maior cuidado, tiveram a maior assistência com a Ana Heloísa e logo, puderam fazer o contato com o Hospital de Manaus e então, enviaram o avião. Ela foi bem cuidada, graças a Deus, foram bem atentos conosco, pais, que estávamos no desespero pelo fato ocorrido. Tudo se concretizou. Deu tudo certo ao chegar aqui, o apoio da ambulância para levar para o Hospital onde foi feita a cirurgia”, relembrou o pai.  
 
A menina foi liberada logo após a cirurgia e já teve a consulta de retorno nesta quarta-feira (29/07). De acordo com Chaves, está em plena recuperação, com redução do inchaço e administrando em casa as medicações e colírios.  
 

  

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2020 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença