Brasília Cidades Ciência Cotidiano Cultura Economia Educação Energia Entretenimento ESPECIAL PUBLICITÁRIO
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
25/07/2020 | 15:30 - Amazonas / Notícias

Governo do Amazonas contempla feirantes com financiamento desburocratizado por meio do Crédito Solidário

FOTOS: Breno Brandão

 
FPS realizou entrega de cheques simbólicos aos novos clientes nesta sexta-feira (24/07)
 
Nesta sexta-feira (24/07), o Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS) realizou, no Centro de Convivência da Família Magdalena Arce Daou, no bairro Compensa, a entrega de cheques simbólicos a feirantes contemplados pelo programa Crédito Solidário. O cadastramento dos novos clientes para obter o financiamento desburocratizado ocorreu em junho deste ano. Por conta da pandemia, as atividades do programa em municípios do interior haviam sido interrompidas, seguindo determinação de decreto estadual.
 
A vice-presidente do FPS, Kathelen dos Santos, falou do objetivo do Crédito Solidário. “Esse recurso vai contribuir para a manutenção dos empreendimentos desses feirantes. O crédito chega nesse momento com o objetivo de fortalecer a atividade desenvolvida por esses feirantes, que foram atingidos economicamente pela pandemia”, apontou.
 
A ação realizada pelo FPS abrangeu a coleta de assinaturas dos 20 novos clientes aprovados e a realização da solenidade de entrega dos cheques simbólicos, que totalizam juntos um montante de R$ 32,5 mil. O capital total previsto para os novos financiamentos do programa, que é executado em parceria com a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), responsável por disponibilizar o recurso, foi de R$ 100 mil.
 
O feirante Frank Coelho agradeceu pela oportunidade de acesso ao financiamento. “Eu venho agradecer aqui ao Governo do Estado por esse apoio que ele tem dado ao microempreendedor”, declarou.
 
O programa disponibiliza crédito para pessoas maiores de 18 anos em situação de exclusão social no contexto econômico produtivo. O solicitante deve estar com o CPF regularizado e não possuir dívidas com instituições financeiras (bancos). Os contemplados terão acesso a linhas de financiamento entre R$ 200 e R$ 2 mil.
 
Balanço – Em 2019, o Crédito Solidário atendeu 2.574 pessoas e contemplou 1.022 novos clientes, com um total de R$ 1.890.000,00 em valores financiados. Este recurso permitiu que mais de mil pessoas pudessem investir em seu próprio negócio, em áreas como artesanato, alimentação, vestuário, estética e beleza, entre outras. A estimativa é que, em 2020, o aporte total anual seja 50% maior do que o do último ano.
 

Programa – O Crédito Solidário é um programa do Governo do Estado, resultado de parceria entre o Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS) e a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam). Tem por objetivo atender pessoas que se encontram em situação de vulnerabilidade social e econômica, permitindo acesso a recursos que podem impulsionar negócios e, com isso, possibilitar a conquista da renda fixa. 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2020 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença