Brasília Cidades Ciência Cotidiano Cultura Economia Educação Energia Entretenimento ESPECIAL PUBLICITÁRIO
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
07/06/2020 | 20:45 - Brasil / Notícias

Marina Silva critica pedaladas do governo em mortes por coronavírus

Divulgação / Veja

O debate ainda tem um diálogo civilizado entre Ciro e Fernando Henrique com recados a Lula sobre convivência democrática. O passado passou. Temos que olhar para frente, para o futuro do país, diz FH, com a concordância de Ciro. Dar as mãos a adversário político não é nada. Ninguém vai entender que alguém, por diferenças políticas, não se una para defender a democracia. Quem não vier, é traidor, diz Ciro.

No debate conduzido por Miriam Leitão, na GloboNews, nesta tarde de domingo, Marina Silva, Ciro Gomes e o ex-presidente Fernando Henrique debatem a crise que traga o país na economia, no social e na saúde.
Ao falar do papel de Eduardo Pazuello, o general do Exército no comando do Ministério da Saúde, nesse episódio da maquiagem de números da pandemia, Marina lamentou o papel dos militares.
“Com todo o respeito aos militares, mas não é papel deles cuidar da saúde, a menos que sejam médicos mandatários para isso. Nesse episódio dos números, os militares fazem pedaladas pandêmicas”, disse Marina.

O debate ainda tem um diálogo civilizado entre Ciro e Fernando Henrique com recados a Lula sobre convivência democrática. “O passado passou. Temos que olhar para a frente, para o futuro do país”, diz FH, com a concordância de Ciro. “Dar as mãos a adversário político não é nada. Ninguém vai entender que alguém, por diferenças políticas, não se una para defender a democracia. Quem não vier, é traidor”, diz Ciro. 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2020 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença