Brasília Cidades Ciência Cotidiano Cultura Economia Educação Energia Entretenimento ESPECIAL PUBLICITÁRIO
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
19/06/2020 | 17:55 - Brasil / Brasília

Moraes prorroga prisão de Sara Winter por mais 5 dias

Divulgação

A ativista bolsonarista de extrema direita Sara Winter foi presa na manhã de 2ª feira (15.jun) pela Polícia Federal, em Brasília

Ativista foi presa na 2ª feira, está no presídio feminino de Brasília
 
O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes prorrogou nesta 6ª feira (19.jun.2020) a prisão da ativista Sara Winter por mais 5 dias. Ela está detida no presídio feminino de Brasília.
A líder do movimento “300 do Brasil” foi presa na manhã de 2ª feira (15.jun), a pedido da PGR (Procuradoria Geral da República). A prisão decorre das investigações que apuram o financiamento a manifestações que defendem pautas antidemocráticas e ataques a instituições públicas.
O MPF (Ministério Público Federal) sugere pagamento de “no mínimo” R$ 10.000 por danos morais. A acusação foi apresentada pelo procurador da República Frederick Lustosa e enviada à 15ª Vara de Justiça Federal.
A defesa da ativista teve 1 pedido de habeas corpus negado nesta 5ª feira (18.jun) pela ministra Carmem Lúcia. Os advogados afirmam que Sara Winter é vítima de perseguição política.
Se pessoas condenadas por tráfico de drogas podem ser beneficiadas por HC [habeas corpus] para ficarem em prisão domiciliar com seus filhos menores, qual o motivo a ora paciente deverá, duplamente, permanecer encarcerada, se não cometeu crime algum, não é condenada, não é autoridade com foro de prerrogativa, e possui um filho de 5 anos de idade?”, questionou a defesa no STF.

Fonte: Poder 360 / Agência Brasil 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2020 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença