Brasília Cidades Ciência Cotidiano Cultura Economia Educação Energia Entretenimento ESPECIAL PUBLICITÁRIO
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
15/04/2020 | 16:55 - Roraima / Notícias do Parlamento

O Deputado Estadual, Jalser Renier defende que Governo transforme merenda escolar em cestas básicas

Divulgação

 
 
Indicação do presidente da Assembleia Legislativa busca beneficiar família dos estudantes mais carentes de escolas públicas
 
 
É na escola que muitas crianças e adolescentes de Roraima fazem a primeira - e muitas vezes única – refeição do dia. Com a suspensão das aulas na rede pública de ensino, o presidente da Assembleia Legislativa de Roraima, deputado Jalser Renier, fez uma indicação na qual sugere que o Governo de Roraima converta a merenda escolar em cestas básicas para as famílias mais carentes.
 
Mesmo com a determinação de isolamento social, o que levou ao fechamento das escolas há quase um mês, os recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) continuam sendo repassados, e os alimentos já adquiridos para o fornecimento de merenda escolar ficaram sem uma destinação.
 
 “Quero aqui solicitar a atenção do Governo do Estado, pois muitos dos alunos estão em situação de dificuldade financeira em casa, e creio que o alimento que o Governo Federal está remetendo para o estado de Roraima possa se converter em cestas básicas para os alunos. São cerca de 75 mil famílias e devo dizer que nós precisamos nos preocupar a cada dia que passa, porque o isolamento requer cuidados que passam pela saúde e pela necessidade de uma alimentação saudável”, disse Jalser Renier.
 
O presidente frisou ainda que muitas destas famílias estão impossibilitadas de trabalhar, justificando ainda mais a necessidade deste apoio do poder público. “O isolamento social tem prejudicado a renda de muitos trabalhadores do Estado, então nada mais justo que as famílias destes estudantes da rede pública terem acesso a esta alimentação, que por vezes pode faltar em suas residências”.
 
O assunto já está em discussão também em âmbito nacional. O Planalto sancionou no início deste mês uma lei que garante a distribuição dos alimentos da merenda escolar às famílias dos estudantes da educação básica da rede pública cujas aulas foram suspensas devido à pandemia do novo coronavírus. 
 

O texto assegura que o dinheiro do PNAE continuará a ser repassado pela União a estados, municípios e Distrito federal para a compra de merenda escolar, mesmo com aulas suspensas. 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2020 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença