Brasília Cidades Ciência Cotidiano Cultura Economia Educação Energia Entretenimento ESPECIAL PUBLICITÁRIO
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
10/06/2020 | 14:30 - Amazonas / Cidades

Órgãos traçam metas para evitar avanço da Covid-19 no Vale do Javari

FOTO: Vanessa Marques/Susam

Coordenação de Saúde Indígena da Susam participa de reunião virtual para discutir ações de combate e controle do novo coronavírus em região indígena

 
 
A Secretaria de Estado de Saúde (Susam), por intermédio da Coordenação Estadual de Saúde Indígena, realizou nesta terça-feira (09/06) reunião virtual com representantes da Fundação Nacional do Índio (Funai), Ministério Público Federal, Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) do Vale do Javari e Fundação Amazonas Sustentável (FAS) para alinhar as ações de combate e controle do novo coronavírus na região indígena localizada em Atalaia do Norte, no Alto Solimões.
 
O que mais preocupa as autoridades de saúde é a possibilidade do aumento do contágio entre as populações isoladas. Conforme informações do DSEI, 20 indígenas do Vale do Javari testaram positivo para Covid-19 recentemente. Desses, 17 são aldeados. Todos os casos apresentam sintomas leves, e os infectados estão em isolamento domiciliar ou em isolamento social nos alojamentos da Casa de Apoio à Saúde Indígena (Casai) do Vale do Javari, em Tabatinga, e Casai de Manaus.
 
Entre as medidas propostas para melhorar a assistência na região está o reforço na estrutura hospitalar dos municípios da região do Alto Solimões. Em parceria, o Governo do Estado e o Governo Federal melhoraram a estrutura dos hospitais de Tabatinga e São Gabriel da Cachoeira, e agora planejam aumentar a capacidade de atendimento e resolutividade das unidades de outros municípios, como é o caso do hospital de Atalaia do Norte, que deve ganhar leitos de Unidades de Cuidados Intermediários (UCI).
 
“Nos próximos dias, o Ministério da Saúde, por meio da SESAI (Secretaria Especial de Saúde Indígena), em parceria com a Susam, deve implementar UCI na Unidade Hospitalar de Atalaia do Norte, para aumentar a oferta de leitos para o tratamento da Covid, que também vai beneficiar os indígenas que vivem na região do Vale do Javari”, adiantou a coordenadora de Saúde Indígena da Susam, Priscila Siqueira, que mediou a reunião.
 
Os representantes dos DSEI mostraram preocupação com a entrada de pessoas não indígenas nas aldeias. O órgão reforçou que os profissionais de saúde estão sendo testados antes de seguirem em missão nas aldeias, para evitar contaminação.

Encaminhamentos – Entre as ações definidas durante a reunião, ficou estabelecido o fortalecimento das medidas de isolamento nas aldeias, aumento e controle das testagens nos profissionais de saúde que prestam assistência nas aldeias, e aumento de barreiras de controle por parte da Funai e Ministério da Defesa, a fim de limitar a entrada de pessoas nas áreas indígenas.
 

A Fundação Amazônia Sustentável (FAS) realizou doação de 150 kits de alimentos que serão entregues nas aldeias com o apoio da Funai e DSEI, que devem fazer um levantamento das necessidades das comunidades para organizar a logística para a entrega. Outras parcerias estão sendo buscadas pela Susam com o objetivo de melhorar o atendimento à população indígena de Atalaia do Norte. 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2020 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença