Amazônia Assembleia Legislativa do Amazonas Brasília Câmara Municipal de Manaus Cidades Ciência Cotidiano Economia Educação Energia
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
20/10/2019 | 12:04 - Amazonas / Ciência

Pesquisador defende protagonismo do Amazonas na preservação ambiental

Divulgação

"Temos que pensar um novo modelo de desenvolvimento da Amazônia que integre a utilização da floresta de maneira sustentável. E o Amazonas tem o potencial de ser o líder desse novo marco de preservação ambiental mundial. Os demais países precisam entender sua dependência do ciclo hidrológico e de Carbono da Amazônia para a nossa sobrevivência. Esse é o desafio. Essa é forma que precisamos discutir soberania: a união das nações", comentou Lovejoy.

 

“O mundo precisa entender que o ciclo do Carbono da Amazônia é fundamental para a manutenção do clima de países fora da região Amazônica. Esse é o nosso desafio. Mostrar essa verdade". A afirmação é do biólogo norte-americano, Professor Doutor Thomas Lovejoy, membro sênior da Fundação das Nações Unidas, e pesquisador convidado do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), no II Simpósio Internacional sobre Gestão Ambiental e Controle de Contas.

Lovejoy realizou, a conferência de abertura do evento que irá reunir nos próximos dois dias no Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques, ministros, conselheiros de contas, pesquisadores e estudantes para debater o papel dos órgão de controle para a preservação do meio ambiente.

Formado pela Universidade de Yale, Thomas Lovejoy, há 50 anos atua no Brasil, especialmente na região Norte, em parceria com o Instituto de Pesquisas da Amazônia (INPA), com trabalhos focados em florestas tropicais. Ele defende que a cooperação entre nações para benefício e preservação da Amazônia não é risco de perda da soberania nacional.

"Temos que pensar um novo modelo de desenvolvimento da Amazônia que integre a utilização da floresta de maneira sustentável. E o Amazonas tem o potencial de ser o líder desse novo marco de preservação ambiental mundial. Os demais países precisam entender sua dependência do ciclo hidrológico e de Carbono da Amazônia para a nossa sobrevivência. Esse é o desafio. Essa é forma que precisamos discutir soberania: a união das nações", comentou Lovejoy.

Pesquisa e Indústria

O pesquisador defende que haja um plano de desenvolvimento sustentável unificados entre os países e que as pesquisas científicas sejam utilizadas pelas indústrias de maneira limpa ao meio ambiente, a exemplo de como agem as comunidades ribeirinhas da Amazônia.

"Somos muito bons em pesquisar e descobrir as coisas mas precisamos colocar a disposição da indústria esse conhecimento. O desenvolvimento sustentável e a infraestrutura sustentável protegem a natureza. Melhor exemplo disso é a forma sustentável que as comunidades ribeirinhas usam os recursos da natureza", disse.

Colapso
Thomas Lovejoy é patrono e um dos fundadores do Projeto Dinâmica Biológica de Fragmentos Florestais (PDBFF), ao lado de Richard Bierrergaard. Criado no fim da década de 1970, o PDBFF é fruto de projeto de cooperação internacional do INPA com o Instituto Smithsonian dos Estados Unidos em parceria com a World WildlifeFund (WWF).

O projeto investiga os efeitos da fragmentação florestal sobre a ecologia regional na Amazônia. "Hoje temos mudanças climáticas e uma extensa utilização do fogo na região amazônica. E todo o ecossistema da Amazônia está muito próxima do seu colapso. É preciso reverter esse cenário urgentemente", disse Lovejoy.
 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2019 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença