Brasília Cidades Ciência Cotidiano Cultura Economia Educação Energia Entretenimento ESPECIAL PUBLICITÁRIO
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
15/10/2020 | 15:35 - Amazonas / Polícia

Polícia Civil apreende 130 quilos de cocaína pura produzida na Colômbia e avaliada em R$ 3 milhões

Fotos: Erlon Rodrigues/PC-AM

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da equipe de investigação do Departamento de Repressão ao Crime Organizado (DRCO), deflagrou, nesta terça-feira (13/10), por volta das 11h, a segunda fase da operação ‘Logística’, que resultou na prisão de três indivíduos, com idades entre 28 e 32 anos, e na apreensão de 130 quilos de cocaína pura avaliada em R$ 3 milhões. A prisão do trio e a apreensão da droga ocorreram em uma embarcação que estava navegando próximo ao município de Anamã (a 165 quilômetros distante da capital). 
 
Sob o comando da delegada-geral Emília Ferraz, a ação foi coordenada pelo delegado Rafael Allemand, diretor do DRCO, contou com o apoio do Departamento de Polícia do Interior (DPI) e do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (FERA), e ocorreu em uma embarcação de pequeno porte, oriunda do município de Tabatinga (distante 1.1108 quilômetros da capital), que transportava a droga com destino à Manaus.
 
“As investigações duraram cerca de quatro meses e em julho deste ano, durante a primeira fase da operação, a equipe do DRCO apreendeu mais de 100 quilos de drogas. Na ocasião, havíamos identificado ‘Baixinho’, responsável pelo frete da droga, porém, como estratégia para dar continuidade aos trabalhos policiais, não efetuamos a prisão dele naquele período”, informou o diretor. 
 
Conforme Allemand, ‘Baixinho’ era o responsável por fazer o serviço de frete de drogas das facções que atuam no Amazonas, na rota de Tabatinga até Manaus. Ele cobrava R$ 1.500 por cada quilograma da droga transportada, como uma espécie de transportadora do tráfico.
 
“A Polícia Civil está atuando não só na capital, mas fortemente no interior, por isso a presença aqui conosco do delegado Bruno Fraga, titular do Departamento de Polícia do Interior, porque toda logística da operação que está em andamento é feita por meio do DPI. Isso é a prova para a população de que ela deve se sentir segura tanto na capital quanto no interior”, comentou a delegada-geral, Emília Ferraz.
 

Operação ‘Logística’ – O diretor explicou que a operação foi batizada com esse nome pelo fato de ‘Baixinho’, preso durante a ação, ser o responsável por realizar a logística do transporte do material ilícito na rota fluvial de Tabatinga até Manaus. 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2020 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença