Brasília Cidades Ciência Cotidiano Cultura Economia Educação Energia Entretenimento ESPECIAL PUBLICITÁRIO
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
19/06/2020 | 12:10 - Amazonas / Polícia

Polícia Civil prende mais um integrante de associação criminosa que desviou carga de televisores avaliada em R$ 380 mil

FOTO: Erlon Rodrigues / PC-AM.

 
As equipes da Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD) cumpriram, no início da tarde de quinta-feira (18/06), por volta de meio-dia, mandado de prisão temporária em nome de Raimundo Wilson Vargas Martins, 40, investigado por participar de uma associação criminosa, que furtou uma carga de televisores, avaliada em R$ 380 mil, de uma empresa situada no bairro Distrito Industrial, zona sul de Manaus. O crime aconteceu no dia 15 de fevereiro deste ano.
Sob o comando da delegada-geral, Emília Ferraz, e coordenação do titular da DERFD, delegado Aldeney Goes, a prisão do indivíduo ocorreu na rua das Sapucaias, bairro Gilberto Mestrinho, zona leste de Manaus. O delegado relatou que, na ocasião do delito, a carga de televisores estava saindo da capital para outro estado quando foi desviada pelo grupo criminoso.
“Essa já é a terceira prisão efetuada por nossa equipe relacionada a esse caso, outros dois comparsas de Raimundo, identificados como Lecio Fabiane Caxeira de Oliveira, 47, e Fábio Renato Rodrigues Catique, 39, já foram presos, respectivamente, nos meses de março e maio. Entretanto, os policiais civis da especializada seguem em diligências para identificar se houve outros infratores que participaram desse delito”, afirmou o delegado Goes.
O delegado Aldeney explicou, ainda, que Raimundo já responde pelos crimes de estelionato, falsificação documental e receptação em outros processos da Justiça. O mandado de prisão relativo ao furto da carga de televisores foi expedido na última segunda-feira (15/06), pela juíza Priscila Maia Barreto, da Central de Inquéritos.

Procedimentos – O infrator foi indiciado por furto qualificado e associação criminosa. Ao término dos trâmites cabíveis no prédio da especializada, ele foi encaminhado para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficará à disposição da Justiça. 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2020 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença