Brasília Cidades Ciência Cotidiano Cultura Economia Educação Energia Entretenimento ESPECIAL PUBLICITÁRIO
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
10/08/2020 | 20:35 - Amazonas / Polícia

Polícias Civil e Militar prendem jovem que matou o próprio primo a facadas, em Pauini

Fotos: Divulgação/ PC-AM.

 

 

Policiais civis da 63ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Pauini (distante 923 quilômetros em linha reta da capital), em conjunto com policiais militares e agentes da Guarda Civil Municipal (GCM), prenderam, em flagrante, neste domingo (09/08), por volta das 19h15, Alex da Silva Rodrigues, 18, pelo homicídio que vitimou o próprio primo, identificado como Ozéias da Silva Rodrigues. O delito ocorreu no mesmo dia, por volta das 18h, no bairro Fortaleza, naquela cidade.

 

De acordo com o investigador de polícia André Sergey, gestor da unidade policial, as diligências iniciaram após as equipes receberem a informação que um homem havia sido vítima de homicídio nas proximidades da pista de pouso. Com base nisso, os policiais seguiram até o local e constataram a veracidade do fato.

 

“A vítima chegou a ser socorrida e levada para uma unidade hospitalar, mas não resistiu e veio a óbito. No momento do crime, ambos estavam utilizando substâncias entorpecentes, porém, tinham desavenças e iniciaram uma discussão seguida de luta corporal, ocasião em que Alex pegou uma faca e desferiu vários golpes no primo”, explicou o gestor da unidade policial.

 

Prisão – Sergey relatou que, também, que após buscas pelo infrator, as equipes conseguiram localizá-lo e prendê-lo na casa onde ele estava morando, no mesmo bairro onde o delito ocorreu. “Durante interrogatório na delegacia, ele confessou a autoria do crime”, informou ele.


Flagrante – Alex foi autuado em flagrante por homicídio qualificado e ao término dos trâmites cabíveis, ele irá permanecer custodiado na carceragem da 63ª DIP à disposição da Justiça. 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2020 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença