Brasília Cidades Ciência Cotidiano Cultura Economia Educação Energia Entretenimento ESPECIAL PUBLICITÁRIO
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
28/10/2020 | 17:15 - Amazonas / Notícias

Servidora mais antiga da Imprensa Oficial do Amazonas é homenageada no Dia do Servidor Público

Fotos: Ismael Neves/IOA

 
 
Em comemoração ao Dia do Servidor Público, celebrado nesta quarta-feira (28), a servidora com mais tempo de serviço prestado na Imprensa Oficial do Amazonas (IOA), Maria do Perpétuo Socorro Oliveira da Silva, que soma 44 anos de casa, foi homenageada pelo diretor-presidente da IOA, Mário Aufiero, com a entrega de uma placa de reconhecimento aos anos de dedicação à instituição.
 
Maria do Socorro iniciou a sua atividade profissional na Imprensa Oficial ainda adolescente e foi, na instituição, que construiu toda a sua vida. “Aqui, foi o meu primeiro emprego, comecei no Gabinete, como secretária, depois passei pela Contabilidade e pelos serviços gráficos até chegar ao Financeiro, setor onde estou até hoje. Tive oportunidades de sair da Imprensa por três vezes, mas não quis. A Imprensa Oficial é a minha segunda casa”, conta a servidora emocionada.
 
A homenagem foi uma iniciativa do diretor-presidente que quis marcar, de alguma forma, a passagem do Dia do Servidor Público. Na ocasião, ele proferiu palavras de agradecimento pelos anos de serviço dedicados a casa e parabenizou a servidora pelo seu ótimo desempenho.“ Mais do que quantidade, a Imprensa Oficial conta com um corpo de servidores de qualidade. Por isso, temos conseguido avançar tanto na modernização da instituição quanto na abrangência e prestação de produtos e serviços gráficos. Dona Maria do Socorro é uma história viva da instituição e uma grande profissional. Tê-la como servidora há tanto tempo é uma honra pra mim e para todos que aqui trabalham.”, destacou Aufiero.
 

Socorro apontou que, durante os mais de 40 anos dedicados à instituição, presenciou mudanças e hoje, vive um momento de alegria. Extinta por duas vezes, a Imprensa Oficial moderniza suas atividades, assim como o seu espaço físico. “A Imprensa deixou de existir duas vezes e eu fiquei. Hoje, vejo as mudanças que o doutor Mário está fazendo. Ele fez grandes mudanças por aqui”, apontou a servidora. 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2020 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença