Brasília Cidades Ciência Cotidiano Cultura Economia Educação Energia Entretenimento ESPECIAL PUBLICITÁRIO
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
23/06/2020 | 09:35 - Amazonas / Tecnologia

SESI oferece assessoria virtual para empresas que retomam as atividades em meio a Covid-19

Divulgação

 
 
 
O retorno gradual das atividades produtivas em meio a pandemia do coronavírus exige muitas mudanças e adaptações dentro das empresas e com os próprios funcionários. Para auxiliar nessa retomada e atender aos critérios estabelecidos no Ofício Circular da Subsecretaria de Inspeção do Trabalho (SIT), da Secretaria de Trabalho, o Serviço Social da Indústria (SESI Amazonas) está oferecendo assessoria virtual para adequação de ambientes de trabalho para enfrentamento da covid-19.
Empresas como Fábrica Virrosas, Panificadora Cintia e Supermercado Resende já recebem a consultoria.
 
As orientações e medidas que precisam ser seguidas pelos trabalhadores para prevenir/diminuir o contágio do vírus se dividem em diferentes categorias, desde boa higiene, conduta e práticas referentes a máscaras, aos cuidados relativos ao transporte de trabalhadores e quanto ao preparo de refeições.
 
“As empresas precisam implantar ações específicas de combate ao Covid e, por isso, a assessoria do SESI é tão importante. A ideia é orientar os clientes com um serviço de assessoria virtual, a distância, quanto as medidas de caráter geral no trabalho do contágio do coronavírus, através desses critérios estabelecidos no ofício circular”, disse o gerente de Saúde e Segurança do Trabalho (SST) do SESI Amazonas, Cláudio Palheta.
 
Essa consultoria, segundo ele, começa a partir do preenchimento de um checklist pelas empresas, contendo diferentes pontos de ações e atividades elaboradas de acordo com o que a Secretaria do Trabalho define como medida de segurança. A empresa responde esse questionário, descrevendo como está funcionando, ou se tem medidas de proteção no atual ambiente de trabalho e devolve para o SESI avaliar cada questão e, conforme as respostas, elaborar um plano de ação para ser aplicado dentro da empresa.
 
“O principal, com essa consultoria, é que as empresas tenham como implementar medidas de proteção no ambiente de trabalho contra o CovidCada item avaliado vai se transformar em um plano de ação de serviços que ainda não estão sendo feitos e precisam ser aplicados como, por exemplo, se faz aferição de temperatura dos trabalhadores quando entram na empresa ou se os trabalhadores estão sendo informados e conscientizados sobre a importância de higienizar as mãos para prevenção de Covid, entre outras precauções, explicou Palheta.
 
As ações de consultoria, além de auxiliar na implementação de mudanças nesse período de retorno das atividades produtivas, ajudam a empresa a cumprir as recomendações da Secretaria do Trabalho. De acordo com o gerente de SST do SESI, apesar de auxiliar no cumprimento da legislação, esse e outros programas legais não podem ser descuidados, como o PPRA (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais) e PCMSO (Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional), é importante que não seja esse o motivo maior para a implementação por parte das empresas.
 

“Com esse plano de ação, e caso seja fiscalizada pela Secretaria do Trabalho, a empresa pode apresentar as medidas que está tomando em tempo de Covid para se adequar. A empresa tem como evidenciar que está cumprindo com as recomendações do governo fornecidas através do oficio”, relatou ele, ao ressaltar a necessidade além da fiscalização. “Essas medidas assim como a de todos os programas legais devem sempre ser implementadas continuamente pelas empresas, não só apenas relatórios técnicos para serem apresentados diante de uma fiscalização”, expôs o gestor. 

 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2020 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença