Brasília Cidades Ciência Cotidiano Cultura Economia Educação Energia Entretenimento ESPECIAL PUBLICITÁRIO
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
29/04/2020 | 15:50 - Amazonas / Oportunidades

Suframa confirma reunião do CAS para o próximo dia 7 de maio

Foto>MICHELL MELLO/SECOM

Como forma de incentivar a atividade industrial com vistas a garantir a manutenção de empregos e a geração de renda, ao mesmo tempo que dá bases para que a economia regional e nacional seja fomentada não apenas no atual momento como também no período pós-crise ocasionada pela emergência de saúde pública devido à Covid-19, a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) informa que a data prevista para a realização da 291ª Reunião Ordinária do Conselho de Administração da Suframa (CAS) será o próximo dia 7 de maio, mantendo, assim, o calendário anunciado no primeiro encontro do colegiado, ocorrido em fevereiro. 
 
Para a realização do evento, no entanto, serão providenciadas diversas alterações, visando a promover um ambiente que garanta a segurança de todos os atores envolvidos, como membros da alta gestão da Autarquia, conselheiros representantes dos diversos órgãos e entidades que integram o CAS, servidores envolvidos na organização do encontro, membros da imprensa e a sociedade em geral. 
 
Neste sentido, a Reunião Ordinária do CAS será realizada por meio de videoconferência, que será transmitida para o público externo por link a ser informado tanto no site oficial da Suframa quanto por release à imprensa na semana do evento. 
 
Desta forma, a pauta prevista, que conta atualmente com 28 projetos, poderá ser analisada pelos conselheiros sem prejuízo às recomendações do governo federal e à Portaria 228 da Suframa para o enfrentamento da propagação do coronavírus, como a manutenção de distância segura entre as pessoas e a restrição de reuniões que gerem aglomerações, dentre outras.
 

"Essa é uma forma que a Suframa encontrou de garantir que os empresários e investidores que apresentaram seus projetos para análise do CAS e que pretendem implantar novos empreendimentos na Zona Franca de Manaus ou mesmo expandir suas atividades por meio da atualização ou diversificação de suas linhas de produção possam, efetivamente, ter seus direitos garantidos, o que deve contribuir para que sejam mantidos postos de trabalho, além de gerar novos empregos e renda para a população, ainda mais em um momento atípico como o que enfrentamos atualmente", disse o superintendente Alfredo Menezes. 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2020 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença