Brasília Cidades Ciência Cotidiano Cultura Economia Educação Energia Entretenimento ESPECIAL PUBLICITÁRIO
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
31/08/2020 | 17:50 - Brasil / Notícias

Vital do Rêgo, ministro do TCU, vira réu por corrupção na Lava Jato

Foto: PEDRO FRANÇA/AGÊNCIA SENADO

enúncia foi aceita pela Justiça Federal e narra corrupção e lavagem de dinheiro na CPMI da Petrobras, em 2014

 
O ministro do Tribunal de Contas da União Vital do Rêgo virou réu por corrupção e lavagem de dinheiro na Operação Lava Jato. A denúncia foi aceita pela Justiça Federal do Paraná.
 
Em 2014, Vital do Rêgo, que era senador pelo PMDB, foi presidente da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) no Congresso para investigar as denúncias da Lava Jato sobre relações ilegais entre a Petrobras e empreiteiras, mas nenhum dono de empreiteira foi convocado a depor.
 
O ministro já teve bens bloqueados no valor de R$ 4 milhões com a deflagração da 73ª fase da Operação Lava Jato, que apura o pagamento de propinas para proteção de empreiteiras na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras. Chamada de Ombro a Ombro, a fase foi deflagrada em 25 de agosto.
 

Ele está no TCU desde fevereiro de 2015 e não tem foro privilegiado, porque os supostos crimes não têm relação com o emprego atual. 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2020 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença