Brasília Cidades Ciência Cotidiano Cultura Economia Educação Energia Entretenimento ESPECIAL PUBLICITÁRIO
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
31/08/2020 | 17:45 - Brasil / Notícias

Witzel recebeu R$ 554 mil de propina com ajuda de sua esposa, aponta investigação da MPF

Foto : Reprodução/TV Globo

O governador do Rio de Janeiro foi afastado hoje (28) do cargo, após determinação do superior Tribunal de Justiça (STJ), por irregularidades em contratos na saúde

 
O escritório de advocacia da primeira-dama Helena Witzel era utilizado para intermediar o pagamento de propina para o governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), segundo afirma o Ministério Público Federal (MPF). As informações são do G1.
Segundo a investigação, o escritório não tinha nenhum outro funcionário e recebeu R$ 554 mil suspeitos de ser propina para o seu marido entre 13 de agosto de 2019 a 19 de maio de 2020. O casal está entre os denunciados pela Procuradoria-Geral da República (PGR) por corrupção na área da saúde.

Witzel foi afastado hoje (28) do cargo, após determinação do superior Tribunal de Justiça (STJ), por irregularidades em contratos na saúde. 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2020 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença